Artigo

Euromold e Euroguard: soluções da Eurotec Nutrition para a conservação da qualidade das silagens

20 de agosto de 2021

A produção de silagens no Brasil, seja de milho, sorgo, cana-de-açúcar ou mesmo de capineiras, como o capim-elefante e o Tifton, são a alternativa para os pecuaristas garantirem uma reserva de volumoso no período chamado “vazio forrageiro”, bem como é o alimento volumoso com a qualidade preservada disponível em sistemas de confinamento de bovinos de corte ou de leite. Estima-se que cerca de 15 a 20% do milho produzido no Brasil, destina-se a silagens, e está fortemente associado à atividade  leiteira e aos confinamentos industriais.

O princípio básico de uma boa silagem é que o processo fermentativo garanta a formação de ácido lático de forma anaeróbia, acidificando a massa do ensilado e preservando da degradação microbiana e fúngica, de modo a manter o máximo possível as qualidades e características nutricionais da planta que foi ensilada. 

Vários fatores podem afetar a qualidade final do material ensilado, tais como baixo conteúdo de carboidratos não-estruturais para promover a fermentação bacteriana, presença de oxigênio na massa da forragem ensilada, silo vedado de forma inadequada, presença de contaminantes como terra, entre vários outros fatores que levarão a uma silagem de baixa qualidade organoléptica e nutricional. O reduzido conteúdo de carboidratos não-estruturais e a presença de oxigênio no material ensilado, acarretarão na redução lenta ou em níveis não satisfatórios do pH da silagem, não garantindo a sua conservação. Além disso, permite o desenvolvimento de bactérias butíricas, que produzirão o ácido butírico que é um indicativo de baixa qualidade da silagem. 

A Eurotec Nutrition apresenta a linha Euromold e o conservante Euroguard F60 como aditivos para preservar as características nutricionais das forrageiras ensiladas e melhorar a qualidade da silagem quanto aos aspectos organolépticos. A linha Euromold é composta por aditivos antifúngicos, cujos princípios ativos são ácidos orgânicos e seus sais, que previnem o aparecimento de bolores e leveduras indesejáveis que possam prejudicar a qualidade nutricional e organoléptica da silagem, bem como atuam na prevenção do aparecimento de micotoxinas, que tanto podem prejudicar o desempenho zootécnico de bovinos em confinamento, quanto o desempenho reprodutivo das vacas e novilhas leiteiras. 

Já o Euroguard F60 possui em sua composição ácido fórmico e derivados de lignina, que permitem uma rápida acidificação do material ensilado, evitando a proliferação bacteriana indesejada e a consequente perda de qualidade nutricional. A presença de derivados de lignina na sua composição atua como um selante na partícula da silagem, evitando a degradação quando exposta ao ambiente e à presença de oxigênio.

Todos os aditivos desta linha são oferecidos na forma líquida, para facilitar sua aplicação nos vagões de colheita ou no momento da compactação. São aditivos extremamente eficientes em baixas dosagens e são seguros para o consumo pelos animais.

Quando o assunto é preservar a qualidade de silagens de forrageiras, a Eurotec Nutrition vai além!