Blog

Bredol: A solução da Eurotec Nutrition para a melhoria na fábrica de rações

June 26, 2020

O Brasil produziu cerca de 71 milhões de toneladas de ração em 2019, considerando aves, suínos, bovinos, animais de estimação e aquacultura. Estas rações foram comercializadas principalmente na forma farelada, peletizada e extrusada, cada qual com destinos específicos dentro da espécie e/ou categoria animal a que se destina.

A peletização de rações possui diversas vantagens: devido ao processo permite que os nutrientes disponíveis nos alimentos sejam digeridos e absorvidos de forma mais eficiente pelo animal e, além disso, os ingredientes da ração ficam agregados em partículas de tamanho adequado para o consumo, evitando os desperdícios ou segregação de ingredientes muitas vezes observados quando se trabalha com rações fareladas. Um dos gargalos na produção de rações peletizadas é o uso de gordura na formulação da dieta. Este ingrediente, seja de origem vegetal ou animal pode afetar a dureza e qualidadedo pelete. Isso ocorre porque as gorduras não se misturam adequadamente à água presente no meio, reduzindo assim a agregação desejável das partículas, elevando o percentual de finos observados ao final do processo, bem como aumentando o tempo necessário para a  fabricação da ração, com consequente aumento no uso de energia elétrica dispensada ao processo.

Existem no mercado vários aditivos para melhoria da peletização, tais como melaço, agregantes como os lignosulfonatos, entre outros, porém com limitada ação sobre a perfeita interação entre gordura e umidade presentes na ração final. A solução é o uso de aditivos emulsificantes, que permitam a emulsão água-gordura, quebrando a tensão superficial. Bredol é o aditivo emulsificante da Eurotec Nutrition, que tem como componente básico o ricinoleato de gliceril polietilenoglicol, cuja característica principal é um alto balanço hidrofílico-lipofílico (HLB), ou seja, é um emulsificante solúvel em água, que na existência de uma pequena quantidade de lipídeos em meio aquoso, mostra todo seu potencial de emulsificação. Por exemplo, com um aporte de 2% ou mais de gordura em uma ração com 13% de umidade, um emulsificante com alto HLB, como Bredol, possui maior efetividade comparado com emulsificantes com baixo HLB oferecidos no mercado. Testes realizados em centros de pesquisas brasileiros, mostraram que o uso de 400 gramas de Bredol por tonelada de ração peletizada, proporcionaram um aumento de 1,2% de umidade na ração final e um incremento de 4% no PDI (índice de durabilidade do pelete) comparado a ração controle, sem adição de Bredol, reduzindo a quantidade de finos e comprovando que a utilização do aditivo emulsificante Bredol melhora o processo de fabricação de rações peletizadas.

Quando o assunto é a otimização de qualidade e produtividade de rações peletizadas, a Eurotec Nutrition vai além!