Blog

Aditivos naturais: Conheça as características dos produtos inovadores da Eurotec Nutrition

22 de julho de 2019

O uso de aditivos naturais tanto na preservação de matérias-primas e alimentos quanto na nutrição animal está deixando de ser uma tendência para ser um caminho sem volta. A pressão dos organismos de segurança alimentar e  bem-estar animal, aliada ao anseio do consumidor final por produtos naturais, tem levado a indústria fabricante de aditivos e rações à substituição de soluções sintéticas por naturais. 

O cenário e a demanda global por aditivos baseados em substâncias naturais, entre os quais óleos essenciais, extratos herbais e blends de ácidos orgânicos, motivaram a Eurotec Nutrition a incluir também em seu portfólio opções com estas características. O Departamento de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação Eurotec vem desenvolvendo produtos que atendam a este anseio dos consumidores, seja na área de preservação de matérias-primas e produtos acabados, seja na linha específica de nutrição animal e saúde intestinal.

Praticamente todos os segmentos de clientes atendidos pela Eurotec Nutrition demandam por produtos diferenciados e que contenham em sua formulação princípios ativos baseados em substâncias naturais. Um bom exemplo desta tendência é o mercado PET, onde a demanda por aditivos naturais na área de preservação de matérias-primas e rações já é uma realidade há algum tempo.. 

Na área de nutrição animal, se intensificam a cada ano as restrições e proibições ao uso dos aditivos Antimicrobianos Promotores de Crescimento (AMPC). Praticamente todas as integradoras produtoras de aves, suínos, gado leiteiro e confinadores de gado de corte também demandam por aditivos naturais em substituição aos AMPC..

Os aditivos naturais desenvolvidos pela Eurotec Nutrition

A Eurotec Nutrition trabalha fortemente em duas linhas de atuação na área de aditivos naturais.

A primeira é a área de preservação de matérias-primas e rações prontas com a linha Green, destacando-se o aditivo Eurotiox Green, uma mistura sinérgica e eficiente de tocoferóis com extratos vegetais, principalmente alecrim e chá-verde.

Ainda na linha Green, a Eurotec Nutrition está trabalhando no desenvolvimento de outros produtos com aditivos naturais:

- Euroguard Green: Tem como princípios ativos ácidos orgânicos e óleos essenciais para o combate a microorganismos, principalmente Salmonella, em farinhas, farelos e rações.

- Euromold Green: É uma combinação que tem em sua formulação ácidos orgânicos e seus sais mais a presença de óleos essenciais para o combate a contaminação fúngica em matérias-primas e rações.

Já na linha de aditivos naturais para nutrição animal, a Eurotec Nutrition está desenvolvendo blends de extratos vegetais e óleos essenciais para a indústria de produção de aves, suínos, gado leiteiro e nutrição de PET. 

A empresa evolui cada vez mais no desenvolvimento de produtos inovadores, como blends de ácidos orgânicos e extratos vegetais/óleos essenciais visando principalmente o controle de Salmonella e promoção da saúde intestinal. Na linha adsorventes de micotoxinas trabalhamos com produtos enriquecidos com aditivos naturais, o que possibilita ampliar o espectro de adsorção das micotoxinas presentes em grãos, farelos e rações.

Cuidados na produção de aditivos naturais

O desenvolvimento de um aditivo natural passa pela pesquisa da ação desejada de cada produto, seja antioxidante, antimicrobiano ou antifúngico. A fase seguinte é de testes das formulações com princípios ativos totalmente naturais, avaliando estabilidade oxidativa, no caso de aditivos antioxidantes e MIC (Concentração Inibitória Mínima) para aditivos naturais usados na preservação de matérias-primas e rações contra a contaminação microbiana e fúngica. Além disso, são realizados testes de pureza, corrosividade, volatilidade e aroma dos princípios ativos naturais incluídos nas formulações dos aditivos da Eurotec Nutrition. 

Para a produção de aditivos para alimentação animal baseados em princípios ativos naturais existem alguns gargalos. A primeira preocupação é com a uniformidade dos princípios ativos visando garantir que cada lote utilizado na fabricação do aditivo contenha a quantidade esperada de ativos. Exemplificando, no caso do óleo essencial de tomilho ou mesmo do extrato de tomilho, estes devem conter uma quantidade mínima de timol em todos os lotes utilizados na produção. 

Outro exemplo é o óleo essencial de orégano, que deve ter uma quantidade mínima de carvacrol. Variações ocorrem em função do local de plantio da espécie vegetal da qual se deseja extrair o óleo, fase da planta, época do ano, método de extração, entre outras variáveis.

Existe ainda o desafio da questão dos custos dos aditivos naturais, que tendem a ser mais altos que os químicos. Isso muitas vezes limita ou inviabiliza a utilização de algum princípio ativo natural na produção de aditivos de preservação ou como substituto de AMPC. Porém, com a seleção correta de parceiros fornecedores e o aumento no uso de substâncias naturais na produção e na nutrição animal, é possível superar a barreira de custo.

Deseja saber mais sobre aditivos naturais? Fale com a equipe da Eurotec Nutrition.